Feliz dia da mulher!

Be a lady, they said ou Seja uma dama, disseram em português é um poema de Camille Rainville

Seja uma dama, disseram. Sua saia é muito curta. Sua camiseta é muito pequena. Suas calças estão muito apertadas. Não mostre tanta pele. Não mostre suas coxas. Não mostre seus seios. Não mostre sua barriga. Não mostre seu decote. Não mostre sua roupa íntima. Não mostre seus ombros. Cubra-se. Deixe algo à imaginação. Vista-se com simplicidade. Não seja uma tentadora. Os homens não conseguem se controlar. Os homens têm necessidades. Você está desarrumada. Relaxe um pouco. Mostre um pouco de pele. Seja sexy. Seja ‘hot’. Não seja tão provocativa. Você está pedindo. Vista preto. Use saltos. Está bem-vestida. Está malvestida. Não use essas calças; parece que você exagerou.

Seja uma dama, disseram. Não seja muito gorda. Não seja muito magra. Não seja muito grande. Não seja muito pequena. Coma. Emagreça. Pare de comer tanto. Não coma muito rápido. Peça uma salada. Não coma carboidratos. Evite a sobremesa. Precisa diminuir de peso. Entre nesse vestido. Faça dieta. Cuidado com o que come. Coma aipo. Masque chiclete. Beba muita água. Precisa entrar nesses jeans. Deus, você parece um esqueleto. Por que não come? Parece abatida. Parece doente. Coma um hambúrguer. Os homens gostam de mulheres com um pouco de carne nos ossos. Seja pequena. Seja leve. Seja pequenina. Seja feminina. Seja tamanho zero. Seja um duplo zero. Seja nada. Seja menos do que nada.

Seja uma dama, disseram. Raspe os pelos do corpo. Depile a perna. Depile as axilas. Depile a virilha. Depile seu rosto. Depile seus braços. Tire suas sobrancelhas. Tire o bigode. Clareie isso. Clareie aquilo. Deixe sua pele macia. Bronzeie sua pele. Apague suas cicatrizes. Cubra suas estrias. Enrijeça seu abdômen. Preencha seus lábios. Coloque botox em suas rugas. Levante seu rosto. Malhe a barriga. Afine suas coxas. Tonifique suas panturrilhas. Levante seus peitos. Pareça natural. Seja você mesma. Seja genuína. Tenha confiança. Está se esforçando demais. Parece exagerada. Os homens não gostam das garotas que se esforçam demais.

Seja uma dama, disseram. Use maquiagem. Embeleze seu rosto. Oculte suas imperfeições. Contorne seu nariz. Ressalte as maçãs do rosto. Preencha suas sobrancelhas. Alongue os cílios. Pinte seus lábios. Pó, ruge, bronzer, ressaltado. Seu cabelo é muito curto. Seu cabelo é muito comprido. Tem pontas duplas. Ressalte seu cabelo. Suas raízes estão aparecendo. Tinja o cabelo. Não azul, parece antinatural. Está ficando grisalha. Está com aparência de velha. Pareça jovem. Pareça juvenil. Tenha uma aparência sem idade. Não seja velha. As mulheres não envelhecem. O velho é feio. Os homens não gostam do feio.

Seja uma dama, disseram. Cuide de você. Seja pura. Seja virginal. Não fale de sexo. Não flerte. Não seja uma puta. Não durma por aí. Não perca sua dignidade. Não faça sexo com muitos homens. Não se entregue. Os homens não gostam das vadias. Não seja pudica. Não seja tão tensa. Divirta-se um pouco. Sorria mais. Dê prazer aos homens. Seja experiente. Seja sexual. Seja inocente. Seja lasciva. Seja virginal. Seja sexy. Seja a garota incrível. Não seja como as outras garotas.

Seja uma dama, disseram. Não fale muito alto. Não fale muito. Não seja espaçosa. Não sente assim. Não fique parada assim. Não intimide. Por que é tão triste? Não seja uma vadia. Não seja tão mandona. Não seja assertiva. Não exagere. Não seja tão emotiva. Não chore. Não grite. Não jure. Seja passiva. Seja obediente. Suporte a dor. Seja agradável. Não se queixe. Massageie o ego dele. Faça com que se apaixonem por você. Os homens querem o que não podem ter. Não se entregue. Faça com que trabalhem por você. Os homens amam a perseguição. Dobre a roupa dele. Faça seu jantar. Faça-o feliz. Esse é o trabalho de uma mulher. Algum dia será uma boa esposa. Use o sobrenome dele. Manteve seu nome? Louca feminista. Dê filhos a ele. Não quer filhos? Algum dia terá. Mudará de opinião.

Seja uma dama, disseram. Não seja estuprada. Proteja a si mesma. Não beba muito. Não ande sozinha. Não saia muito tarde. Não se vista assim. Não mostre demais. Não fique bêbada. Tome conta de sua bebida. Tenha um confidente. Ande em locais bem-iluminados. Fique nos bairros seguros. Diga a alguém aonde vai. Carregue spray de pimenta. Compre um apito contra estupro. Use suas chaves como uma arma. Faça um curso de defesa pessoal. Verifique seu porta-malas. Feche suas portas. Não saia sozinha. Não faça contato visual. Não hesite. Não pareça fácil. Não chame a atenção. Não trabalhe até tarde. Não faça piadas sujas. Não sorria a estranhos. Não confie em ninguém. Não diga sim. Não diga não.

Simplesmente disseram “seja uma dama”.

Imagem de Ryan McGuire por Pixabay

Assexualidade tóxica

Depois de falar de uma ideia geral do que é a assexualidade, hoje resolvi escrever um pouco sobre assexualidade tóxica!

Que a sociedade hoje é hiper sexualizada e que o sexo ainda é usado como forma de domínio nós já sabemos, ou deveríamos saber rsrs

Mas o que eu tenho percebido é que a comunidade ace ultimamente tem se tornado um lugar bem tóxico e com uma ideologia complicada.

Chegou a um ponto que existem tantas subdivisões que ninguém sabe o nome e o significado. Será que teremos que andar por aí com um dicionário de termos?

Em uma visão minha pessoal eu acredito que todas essas divisões, na realidade justamente dividem as pessoas ao invés de aproxima-las. Será que o movimento que é visto com tanto preconceito dentro e fora do movimento LGPTQ+ vai ser mais respeitado com tudo isso?

A sensação que eu tenho é que o ser humano sempre procura uma forma de complicar o que é simples.

Nós já convivemos com questionamentos se somos doentes ou traumatizados e aí vem uma grande parte e defende essas mil faces da assexualidade em que alguns assexuais gostam de sexo e que a própria sexualidade é fluida.

Realmente isso abre espaço para o questionamento de se uns gostam os outros só “Não encontraram a pessoa certa” ou “Não fizeram direito”.

Essa história de fluidez não entra na minha cabeça. Se isso fosse verdade eu ficaria muito satisfeita em simplesmente mudar e ser padrão não precisando nunca ter me martirizado pelo medo da solidão, ou pela pressão de ter um marido e filhos.

Hoje eu realmente me questiono até que ponto vale se afundar em uma militância tão confusa e julgadora, já que questionar minimamente o que escrevi aqui é suficiente para o banimento em comunidades e escutar diversos tipos de xingamentos.

Me pergunto também em que ponto a conversa e diálogo foi perdendo força para certas ditaduras de nesse meio todo. Mesmo quando um assunto é questionado com educação as pessoas simplesmente não silenciadas.

Em uma comunidade que encontramos tantos curiosos e pessoas que se sentem donas da verdade eu prefiro permanecer mais isolada.

Acredito que a frase de Paulo Freire diz muito do que tenho observado nesse meio: “Quando a educação não é libertadora, o sonho do oprimido é ser o opressor.” Muitos oprimidos se tornando opressores com suas ideias e ideologias.

Assexualidade: o que é?

Assexual: Pessoa que não sentem atração sexual, de forma parcial ou não. Geralmente com pouco interesse nas atividades sexuais.

A forma correta é assexual e não assexuado.

Assexualidade é bem diferente do celibato. Pessoas celibatárias se abstêm de práticas sexuais.A assexualidade por ainda ser relativamente nova ainda é bem desconhecida.

Por muitos anos a assexualidade foi (e ainda é) vista como doença ou motivada por algum trauma.

Depois da popularização da internet (principalmente nos anos 2000) as pessoas começaram a falar sobre isso, se identificar e perceber que não estão sozinhas.

Hoje pesquisas estão em desenvolvimento em todo o mundo.

O Programa de Estudo da Sexualidade (ProSex), do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP relatou que 7,7% das mulheres e 2,5% dos homens no Brasil não apresentam interesse em relações sexuais.

De acordo com a psiquiatra Carmita Abdo (entrevista dada ao site BBC) para classificar uma pessoa com alguma disfunção sexual o indicativo é o sofrimento. Assexuais não se sentem afetados pela falta de interesse sexual.

“Os assexuais têm a libido canalizada para outros aspectos, que não o erotismo e o relacionamento. Todos temos libido, mas não necessariamente voltada para sexo. Para eles, ela pode ser focada no trabalho, nos estudos ou em outra coisa.”

Ela ainda acrescenta: “Se a pessoa não quer fazer sexo e isso não está interferindo na vida de ninguém, nem é motivo de preocupação para ela, não há motivos para se tratar. Normalmente, quem busca ajuda é porque sofre com a falta de desejo sexual, ou seja, uma pessoa que não pode ser considerada assexual.”

Mas ser assexual não impede ninguém de se relacionar. Uma pessoa pode não sentir atração para realizar o ato sexual, mas se apaixonar por outros aspectos da pessoa. Há relatos de muitos casais que vivem bem sem manter relações sexuais.

Viver em uma sociedade extremamente sexualizada tem um grande peso nas questões sentimentais. Muitas pessoas simplesmente não entendem que sexo não é necessário para se ter um relacionamento saudável e feliz.

Sempre ouvimos a frase: “Sexo é vida”. Bom, tenho certeza que muitos aces vão muito bem de saúde, obrigada.

Algumas classificações:

  • Ace – Assexual
  • Alo – Pessoas que sentem atração sexual
  • Assexual estrito – Não sente atração em momento nenhum
  • Demissexual (Demi) – Pessoas que podem vir a sentir atração sexual quando se ligam emocionalmente a outra pessoa
  • Grayssexual (Gray) – Pessoas que podem sentir atração em situações específicas